sábado, 11 de julho de 2015

Kit Gay e escolas para estímulo sexual

Escola para se estimular sexualmente, precocemente
Em 1967 em pleno regime ditatorial foi criado pela lei nº 5379 de 15 de dezembro o Movimento Brasileiro de Alfabetização, o “Mobral”. Criado pelo regime militar, durante anos jovens e adultos analfabetos foram conduzidos a frequentar o curso de alfabetização até o ano de 1985, ano do fim desse movimento. Isso foi uma vergonha nacional porque tudo foi preconceito contra os analfabetos. Parece que os militares não gostavam deles. Eles muito foram torturados com lições de português e matemática. Coitados dos analfabetos, se já nasceram assim, que culpas tinham eles de serem como eram? Talvez pelo tal mau trato hoje ainda se ouça dizer: Ditadura nunca mais. Ela fora derrubada pelas “diretas já” gritadas pelo povo e significando eleições. Foi quando este país voltou a ser uma boa democracia e graças a ela, como se sabe, surgiram todos os nossos políticos honestos e mais inteligentes que os militares criadores do Mobral. Agora para as escolas, para comprovar a sapiência desta época, alguns estão a impor uma nova matéria denominada de “Kit Gay”. É uma espécie de cartilha por onde os alunos a partir dos seis anos de idade poderão descobrir suas tendências sexuais. Na cartilha é ensinado menino a conhecer menino e menina a conhecer menina. Se menino mais gostar de menino e menina mais gostar de menina, suas tendências estarão reveladas. Sendo assim, essas criaturinhas abençoadas por alguns políticos e como querem eles para o bem do Brasil invaronil, elas deverão assumir suas condições sexuais já com pouca idade, bem antes da maioridade penal. Assisti a um vídeo donde uma deputada do Partido dos Trabalhadores disse que o Kit Gay é um projeto que foi cuidadosamente elaborado dentro dos padrões científicos e que os meninos gays são mais inteligentes que os héteros. Disso eu não sabia. Nem sei o que sejam “padrões científicos” sobre sexo. Sei que com o passar do tempo iremos precisar de muito mais Avenidas Paulistas para comportar passeatas de pessoas em prol de seus ideais “políticos” de agrados corporais. Terminando, na nossa “democracia” vigente até a Mídia se comporta bem. Ela faz de tudo para não desagradar seu patrão.
                                                                                             Altino Olimpio