segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Fim da tarde



Lá fora o sol bate na parede antiga
Enfraquecido do seu calor
Está misturado com o silêncio
Na tarde sem vento e sem movimento
Parece propício para uma cantiga
Sem dolo para este dia em torpor
Num consolo de ser esquecimento
E se estar só no pensamento.
Melhor é viver com os próprios arcanos
Isso se constitui num regozijo
Faz muito bem para o juízo
Ser ausente de seres humanos.
O mundo parece estar parado
Como sendo uma pausa só dele
Ainda a esperar amedrontado
Mais destruição que farão contra com ele.
Na sensibilidade pela tarde tão calma
É o espírito que se acalma
Quando nesse estado amalgama
Os nobres sentimentos da alma.
Na tarde sem ver ruas ou estradas
Só o sol pelas paredes e pelo chão
Reina uma agradável solidão
Livre de qualquer forte emoção
Como estando a mente parada
Distante das encruzilhadas
Das ilusões humanas preparadas
Que sempre acabam em nada
Neste mundo sempre em revolução
Em que nele o homem se acaba
E no egoísmo do que constrói
Ele não recupera o que destrói.
Lá fora na tarde o sol já se esconde
O dia morre para o nascer da noite
A claridade se troca pelo escuro
Os pensamentos foram divagações
Tudo foi apenas entretenimento
Foram outros momentos improdutivos
De quem adulto se pensa preocupado
Ao invés de se saber numa hipnose
Consequente pela perda da pureza
Da ingenuidade e indiferença da infância.

Comportamentos indesejáveis entre seres humanos


 De a todas as pessoas seus ouvidos, mas a poucas a sua voz.
William Shakespeare
Esse conselho é para a minoria de pessoas que levam a vida a sério. A maioria só vive a falar e a falar e nada mais. A maioria é daquelas pessoas atraídas pelas redundâncias e pelas trivialidades. A minoria não deve falar sobre temas que a maioria não assimila. Então para a maioria só se deve dar os ouvidos e pouca voz.

É difícil viver com as pessoas porque calar é muito difícil.
Friedrich Nietzsche
Que verdade, não? Muitas pessoas estão sempre a tagarelar sem se importar com o que dizem e sem se preocupar se para outras pessoas o que dizem merece atenção.

As pessoas comuns pensam apenas como passar o tempo. Uma pessoa inteligente tenta usar o tempo.
Arthur Schopenhauer
A diferença entre as pessoas comuns e as pessoas inteligentes está em como o tempo para as primeiras passa sem elas nada contribuir para a sociedade e para as segundas o tempo mais é utilizado para evoluir suas mentes. Mas, resumindo, pessoas comuns e pessoas inteligentes estão no mesmo trajeto. Ambas, o tempo com o tempo a passar as destrói.

O tempo é o único capital das pessoas que têm como fortuna apenas a sua inteligência. 
Honoré de Balzac
Pessoas inteligentes utilizam-se do tempo para seus aprimoramentos mentais enquanto outras desperdiçam os seus para o seu suceder material. São opostos que não se associam intimamente. As primeiras e as segundas nada de comum têm entre si.  

Minha solidão não tem nada a ver com a presença ou ausência de pessoas... Detesto quem me rouba a solidão, sem em troca me oferecer verdadeiramente companhia.
Friedrich Nietzsche
Solidão não é apenas sofrimento. Ela é desejada por aqueles que buscam isolamento para ficarem apenas com seus pensamentos. Hoje em dia está cada vez mais difícil buscar a solidão, pois, constantemente sofremos interferências. Pior quando temos que ficar a mercê de outros com suas insignificâncias.

Não esqueças que os estranhos são amigos que ainda não conheces.
Abraham Lincoln
Tem gente de poucas amizades não querendo outras e nem imaginam que estranhos possam ser melhores do que suas amizades atuais.

A pior solidão que existe é darmo-nos conta de que as pessoas são idiotas.
Gonzalo Torrente Ballester
É, tem gente que se fecha em seu mundo particular pensando-se superior aos demais vivendo com desprezo pelos outros. Quando existe a superioridade ela tem que estar aliada com a humildade e assim evita a solidão provocada pelo egoísmo.

Se liberdade significa alguma coisa, será, sobretudo, o direito de dizer às outras pessoas o que elas não querem ouvir.
George Orwell
São raros aqueles que dizem o que pensam de desagrado contra as pessoas que merecem ouvir. No mais, a maioria das pessoas é hipócrita, pois, elas até sorriem diante de outras que as perturbam com conversas inúteis. Liberdade para dizer o que se pensa... Nem pensar.

Bebo para tornar as outras pessoas interessantes.
George Jean Nathan
A bebida às vezes torna isso possível. Podemos estar num lugar onde nada nos agrada, principalmente as pessoas, mas, basta um trago de álcool para o ambiente ficar agradável e agradáveis também as pessoas antes intoleráveis.

Ideal seria que todas as pessoas soubessem amar, o tanto que sabem fingir.
Bob Marley
Sempre percebemos em muitas pessoas seus amores manifestados por outras, mas, basta um desacordo entre para seus amores morrerem. Isso é constante na sociedade. Melhor seria as pessoas conterem suas palavras carinhosas para com as outras para não ter que desmentirem-se depois quando o amor por elas se desfaz.

A raiva é um veneno que bebemos esperando que os outros morram.
William Shakespeare
Podemos sentir raiva de alguém sem ele saber. Sendo assim o veneno fica apenas em nós mesmos.

Um homem é tão grande quanto às coisas que o deixam com raiva.
Winston Churchill
Se o homem soubesse o quanto ele é pequeno, não se deixaria dominar pela raiva por coisas tão pequenas. Alguns por raiva amaldiçoam quase tudo o que lhes desagrada.

Eu não teria que controlar minha raiva se as pessoas aprendessem a controlar sua estupidez.
Anônimo
Queiramos ou não, a estupidez humana está avançando sem limites. Isso dificulta o amor ao próximo. Este está sendo preciso substituí-lo pela tolerância, o que já é uma tortura. Viver só tendo que tolerar não é viver, é tentar sobreviver diante da estupidez de muitos evitando se tornar estúpido também.

Que mundo! Poderia ser maravilhoso se não fossem as pessoas.
Woody Allen
Muita gente, hoje, vive decepcionada com a humanidade e não é pra menos. Embrutecida, ela com seus delírios e com suas loucuras a todos perturba. A paz entre os homens está se transformando em um artigo de luxo. O desentendimento humano está sendo quase global. O massacre tecnológico tem conturbado a mente de milhões de pessoas. A simplicidade já não encontra guarida no viver comum.

                                                                                                    Altino Olimpio



.




.